Homossexuais casados não podem entrar como família nos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 19 de setembro de 2003 as 03:40, por: cdb

Dois homossexuais canadenses legalmente casados não puderam entrar como família nos Estados Unidos. Eles resolveram cancelar a viagem. A informação foi confirmada na última quinta-feira pela chancelaria canadense.

Kevin Bourassa e Joe Varnell, famosos no Canadá por terem aberto um processo que resultou na legalização de sua união, tiveram sua entrada nos Estados Unidos recusada por um oficial americano no aeroporto Pearson, em Toronto, informou a rede pública CBC.

O oficial explicou ao casal que eles não poderiam entrar como família nos Estados Unidos, já que aquele País não reconhece o casamento entre homossexuais. Diante do impedimento, Bourassa e Varnell desistiram da viagem a Braselton, no Estado da Georgia.

O advogado do casal, Doug Elliott, disse que eles estudam a possibilidade de processar os governos canadense e americano, informou a CBC.
 
– Uma lei canadense não tem aplicação em outro território. Cada país é livre para determinar as condições de entrada em seu território – comentou o porta-voz da chancelaria canadense, Reynald Doiron.

Varnel e Bourrassa formam o primeiro casal homossexual legalizado no mundo. A cerimônia aconteceu em janeiro de 2001, na cidade de Toronto, semanas antes de a Holanda legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.