Homem faz a ex-mulher refém em ônibus na Via Dutra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 10 de novembro de 2006 as 09:55, por: cdb

Durante toda a manhã desta sexta-feira, uma mulher e outros passageiros foram  feitos reféns dentro de um ônibus 499 da Viação Tinguá, que faz a linha Cabuçú-Central do Brasil, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116 Norte), na altura da Fábrica Grã-Fino, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense.

André Luís Ribeiro da Silva ameaçou com um revólver calibre 38 a ex-mulher, Cristina Ribeiro. Segundo informações do inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Hélio Dias, o ex-marido da vítima disse que foi traído e estava inconformado com o fim do relacionamento.

Familiares de André e Cristina estavam no local, juntamente com o pastor Marcos Pereira da Silva, da Igreja Assembléia de Deus, da qual André é membro, para tentar convencer o homem a liberar as vítimas e a se entregar.

A mãe e a irmã de André conversaram com ele pelo telefone. Elas estavam na porta do coletivo. A mãe do homem passou mal e precisou ser socorrida pela equipe médica de plantão. Em seguida, foi retirada pela Polícia Rodoviária Federal. 

De acordo com o 20º BPM (Mesquita), 10 viaturas da polícia e duas ambulâncias cercaram o ônibus, que foi levado da pista para o acostamento. Com isso, o tráfego foi liberado na rodovia, mas houve grande congestionamento.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais estiveram todo o tempo no local para comandar as negociações.