Hemorio pede para população doar sangue neste final de ano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 20 de dezembro de 2005 as 11:07, por: cdb

A direção do Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti (HEMORIO), solicita à população que doe sangue neste final de ano. 

–  Doar sangue é um ato de cidadania e cada bolsa coletada ajuda quatro pessoas que dele necessitam. O espírito natalino de amor ao próximo deve estar presente na população para doar sangue –  disse Kátia Motta, diretora do Hemorio.

O Hemorio abastece com sangue e derivados cerca de 150 unidades de saúde da rede pública, entre elas as grandes emergências como as dos hospitais Souza Aguiar, Miguel Couto, Lourenço Jorge e Getúlio Vargas. O estado sofre com a falta de sangue do tipo O+, que é muito utilizado por ser compatível com os outros tipos de sangue, conhecido como doador universal. Segundo estudos, 34% da população mundial possuem este tipo sanguíneo.

Os doadores devem levar documento de identidade e ter as seguintes características: estar bem de saúde; ter mais de 18 e menos de 60 anos; pesar mais de 50 quilos; não estar em jejum, mas evitar alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação; não ser usuário de drogas; não estar grávida, nem amamentando; e não ter comportamento de risco para DST e AIDS.

O Hemorio fica na Rua Frei Caneca 8, Centro. O horário de atendimento para doação é de 7h às 18h, de segunda a domingo. Vale lembrar que no dia 1 de janeiro de 2006 é o único dia doa ano que o Hemorio não recebe doações. Outras informações podem ser obtidas através do Disque-Sangue: 2240-2494, nos mesmos dias e horário.