HAITIANOS ACAMPAM NO PERU IMPEDIDOS DE INGRESSAR NO BRASIL

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de janeiro de 2012 as 14:23, por: cdb

LIMA, 24 JAN (ANSA) – Cerca de 250 haitianos que chegaram ao Peru após o terremoto em seu país se encontram na fronteira com o Brasil impedidos de ingressar no país, como aponta a imprensa local.
   
Segundo informações publicados pelo jornal peruano El Comercio, o governo brasileiro decidiu frear uma onda imigratória que já trouxe mais de 6 mil haitianos ao país somente no último ano.
   
O prefeito de Iñapari, cidade onde se encontra o grupo, Celso Curi, disse que eles estão acampados em igrejas e instalações do governo e que os alimentos vem da cidade de Assis, no estado do Acre.
   
A população da cidade, que tem 2.500 habitantes, cresceu 10% em uma semana com a ocupação. “Temos água por duas horas durante o dia e agora não há fornecimento suficiente”, disse Curi.
   
O padre René Salízar, responsável por uma das igrejas que os acolhe os haitianos disse que no país caribenho se desconhece a informação de que as fronteiras brasileiras estão fechadas.
   
O líder do grupo, Fasio Etienne, disse ter gastado todo seu dinheiro neste trajeto. “Não tenho mais [poupança]. Não posso regressar a mesma miséria do meu país”, concluiu. “Eu só quero trabalhar, meus amigos são pedreiros, quero que minha família sobreviva”, disse.
   
O terremoto que atingiu o Haiti no início de 2010, de 7 graus na escala Richter, devastou 70% das construções da capital do país, Porto Príncipe, e causou a morte de cerca de 250 mil pessoas. (ANSA)