Gugu não comparece para depor

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de setembro de 2003 as 11:01, por: cdb

A Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa de São Paulo, presidida pelo deputado Romeu Tuma Jr. (PPS), convocou o apresentador Augusto Liberato para prestar esclarecimentos às 10h desta terça-feira sobre a entrevista com supostos membros do PCC no programa “Domingo Legal”, exibida no dia 7 de setembro. Gugu não compareceu, mas enviou uma carta oficial pedindo para que a data fosse remarcada e afirmando que ele tem interesse em prestar esclarecimentos. Também foram convocados três outros executivos do SBT, mas nenhum compareceu.

Na matéria, dois homens encapuzados se dizendo integrantes da organização criminosa PCC, fizeram ameaças a várias personalidades, como o vice-prefeito de São Paulo, Hélio Bicudo, o padre Marcelo Rossi, e apresentadores de outras emissoras.

Um dos homens confessou à polícia que a entrevista foi uma farsa e que foi pago para participar. Até agora, Gugu Liberato tem negado sua participação na reportagem e responsabilizado a equipe de produção do programa.

Nesta quarta-feira, a Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados também espera receber Gugu. A deputada Mariângela Duarte (PT-SP), uma das autoras do requerimento, sustenta que cabe à Comissão de Ciência e Tecnologia não só analisar as concessões de rádio e TV mas também alertar para as responsabilidades de quem recebe o canal.

Na quinta-feira é a vez do Deic (Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado) ouvir o depoimento de Gugu Liberato sobre o caso.