Guga treina duro para temporada 2002

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de dezembro de 2001 as 03:32, por: cdb

Gustavo Kuerten está treinando duro para retomar a liderança do ranking mundial em 2002. O atual número 2, atrás do australiano Lleyton Hewitt, admite estar até sentindo dores musculares diante da intensidade dos trabalhos que vem fazendo em Camboriú. A rotina começa às 8 horas e só termina às 21 horas, com a fisioterapia. “Esta é uma época em que tenho de fazer um investimento para o ano inteiro”, explicou Guga. “Todo esse trabalho agora vai ser muito importante para suportar uma temporada difícil em 2002, em que tenho uma meta: reconquistar a liderança do ranking mundial.”

Guga anunciou oficialmente o seu novo patrocinador, o Guaraná Kuat, do grupo Coca-Cola com um contrato que vai até dezembro de 2003 e envolverá uma série de ações promocionais com o tenista, para tentar levar a marca à liderança do mercado de refrigerantes.

Durante o anúncio realizado no resort Costão do Santinho, em Florianópolis, Guga fez até um “teatrinho” para revelar as razões da parceria com a Kuat. Encenou um diálogo com Fernando Mazzarolo, do marketing da Coca-Cola, deixando claro que vai ser um dos nomes fortes no marketing da marca. Um modelo especial da lata do refrigerante foi lançado para comemorar a parceria com o tenista e o reveillón.

“Nosso objetivo é alcançar a liderança do mercado”, afirmou Fernando Mazzarlo, lembrando que o Kuat detém 30% do mercado, atrás apenas do Guaraná Antártica. “Temos uma campanha com celebridades e acredito que a associação com Guga tem muito a ver um com a cara do outro.”

Para aumentar suas chances de derrubar o australiano Lleyton Hewitt do topo do ranking mundial, Guga lapidou seu calendário para o próximo ano. Vai apostar todas suas fichas nos torneios fortes de saibro – o seu terreno preferido – e estabeleceu a estratégia de participar de competições preparatórias para chegar aos “momentos especiais”, como definiu, no auge da forma.

“Roland Garros até o fim da minha vida será sempre um objetivo na carreira”, admitiu Guga. “Mas com o tempo outros torneios vão se tornando especiais, como Wimbledon e US Open. Mas, ainda assim, fiz um calendário visando as competições em que tenho o meu melhor rendimento, nas quadras que mais gosto.”