Guerra é mais provável, mas não é inevitável, diz Straw

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 15 de março de 2003 as 13:39, por: cdb

Uma guerra contra o Iraque é “mais provável” agora do que há algumas semanas atrás, mas não é ainda “inevitável”, afirmou neste sábado o ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Jack Straw.

“A perspectiva de uma ação militar é hoje muito mais provável, e lamento bastante isso, mas ainda não é inevitável”, declarou o chefe da diplomacia britânica em entrevista difundida pela BBC-Rádio.

Segundo Straw, o presidente iraquiano Saddam Hussein “ainda vai a tempo de obedecer” às resoluções das Nações Unidas que exigem o desarmamento do regime de Bagdad, mas “o tempo é limitado”.

Também Javier Solana, Alto Representante da União Europeia (UE) para a política externa, “não está muito otimista” sobre as possibilidades de ser evitada uma guerra no Iraque, segundo declarou neste sábado durante a reunião informal dos ministros da Defesa europeus em Vouliagmeni (Grécia).

“Ainda existe espaço para a diplomacia, cujo tempo não se esgotou, mas francamente não estou muito otimista”, declarou Solana aos jornalistas.