Guarujá regulamenta a lei Bolsa Atleta nesta quinta-feira (26)

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 15:05, por: cdb

25/01/12

 

A política voltada à valorização do munícipe tem sido um dos principais pontos adotados pela Prefeitura de Guarujá. E pensando nisso, nesta quinta-feira (26), às 18 horas, será regulamentada a Lei Municipal 3.815/2010, sobre o programa Bolsa Atleta. O objetivo é fazer com que atletas guarujaenses representem a Cidade nas competições, valorizando o atleta do Município. A assinatura acontece no gabinete da prefeita Maria Antonieta de Brito, no Paço Municipal Moacir dos Santos Filho (Avenida Santos Dumont, 800 – Santo Antônio). Com a nova legislação, diversos atletas de diferentes esportes de disputa poderão ser beneficiados. De acordo com a lei, o Bolsa Atleta será dividido para esportistas que tenham se destacado em quatro categorias: atleta estadual; nacional; internacional; e categoria atleta olímpico e paraolímpico.  Para os atletas olímpicos, as bolsas serão concedidas somente para os de rendimento nas modalidades olímpicas e paraolímpicas reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro e pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro, assim como os atletas de rendimento nas modalidades esportivas vinculadas ao Comitê Olímpico Internacional e ao Comitê Paraolímpico Internacional. Também serão concedidas bolsas para os esportistas nas modalidades dos Jogos Oficiais do Estado de São Paulo, como Jogos Abertos e Regionais. O objetivo da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, é manter os atletas em Guarujá e fazê-los participar de competições defendendo a Cidade. Todo o repasse do programa Bolsa Atleta será feito pela Prefeitura, pelo prazo de cinco ou dez meses de duração, de acordo com avaliação da Secretaria. Segundo o secretário municipal de Esporte e Lazer, Élson Maceió dos Santos, a realização do programa valoriza o atleta guarujaense. “Pela primeira vez na história do Município poderemos ver os atletas da Cidade e eles poderão competir por Guarujá com um incentivo em dinheiro. É um projeto que vai mostrar os verdadeiros talentos da Pérola do Atlântico”, comenta Maceió.  Os pré-requisitos básicos para o atleta se candidatar ao programa Bolsa Atleta são: residir em Guarujá; ser brasileiro ou naturalizado; estar em plena atividade esportiva; e ser atleta federado por Guarujá ou por instituição esportiva de prática situada no Município.  Todos os projetos aprovados serão acompanhados pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, considerando metas técnicas, e todas as atribuições que o atleta e o poder público têm um com o outro.  Tabela I – Categoria de atletas e valores de bolsas mensais:
– Atleta estadual: R$ 300
– Atleta nacional: R$ 400
– Atleta internacional R$ 500
– Atleta olímpico ou paraolímpico R$ 600