Grupo armado saqueia mansão de senador do Amazonas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de abril de 2006 as 09:00, por: cdb

Um grupo de cerca de 15 homens armados com fuzis e armas leves invadiu, na noite deste domingo, a casa do senador Gilberto Mestrinho (PMDB-AM), 78 anos, em São Conrado, Zona Sul do Rio. O acesso dos ladrões à residência foi por um muro lateral, na Rua Capuri 1471, ao lado da Rocinha. Eles renderam o senador amazonense, a mulher dele, Maria Emília, e os funcionários da casa. O bando agiu com determinação e manteve o grupo refém durante quase três horas. Além das ameaças ao casal, um dos funcionários e a mulher do senador foram agredidos.

O grupo revirou vários cômodos da casa e encontrou o dinheiro. Segundo a assessoria de Mestrinho, a quantia seria usada para o pagamento do salários dos funcionários e despesas da casa. Mestrinho chegou a ser ameaçado de morte quando os ladrões quiseram abrir um cofre cujo segredo ele não sabia. De acordo com a assessoria do senador, os números que o abrem estavam guardados em seu gabinete, em Brasília.

Os criminosos disseram para Mestrinho que sabiam que ele é senador e que vinham planejando a ação há cinco meses. A Polícia Civil investiga o caso, mas ninguém foi preso. Após vasculhar todos os cômodos da casa, uma residência de alto luxo, os ladrões deixaram o local, por volta das 22h, com cerca de R$16 mil, jóias, quadros de arte e toda a prataria, além de dois carros do casal, que utilizaram na fuga: uma Fiat Uno chumbo placa LOD 2125 e um Peugeot azul placa LNJ 0317. A Polícia Militar acredita que os assaltantes fugiram em direção à Barra da Tijuca. A ocorrência está registrada na 15ª DP (Gávea).