Graziano terá que explicar problemas no Fome Zero

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de março de 2003 as 15:36, por: cdb

O ministro da Segurança Alimentar, José Graziano deve comparecer nesta quarta-feira, às 10 horas, ao Senado Federal, para explicar os problemas e atrasados ocorridos até o momento no Programa Fome Zero, principal programa social do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Graziano vai ser ouvido em audiência pública conjunta das comissões de Assuntos Econômicos (CAE), de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e Assuntos Sociais (CAS)

Os senadores querem ouvir um relato preciso e explicações de Graziano sobre a atuação do Ministério Extraordinário de Segurança Alimentar e Combate à Fome.

O requerimento solicitando a vinda de Graziano ao Senado foi apresentado pelos senadores Romero Jucá (PSDB-RR), presidente da CAS, e Fátima Cleide (PT-RO). Proposta de política de segurança alimentar elaborada pela organização não-governamental Instituto Cidadania, entre os anos de 2000 e 2001, o Fome Zero foi absorvido pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e deverá constar do Plano Plurianual (PPA) 2003/2007, a ser encaminhado em breve ao Congresso Nacional.

Graziano tem sido alvo de críticas de opositores e de aliados do Governo, devido à morosidade do programa, os métodos adotados para arrecadação de recursos e para a arrecadação e distribuição de alimentos.

O ministro recebe críticas até mesmo pela falta de organização das ações do Governo. Segundo o Ministério da Segurança Alimentar, o seu objetivo é definir políticas estruturais, específicas e locais que norteiem o programa Fome Zero.