Governos da América Latina e do Caribe discutem globalização

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de julho de 2003 as 22:54, por: cdb

Representantes de governos da América Latina e do Caribe abordaram nesta terça-feira, a dimensão social da globalização e seus efeitos na região, em uma reunião em Santiago.

Durante o encontro, inaugurado pelo secretário executivo da Comissão Econômica para América Latina e o Caribe (Cepal), José Antonio Ocampo, analisou-se também o desenvolvimento, a integração e a governabilidade latino-americana, segundo um comunicado divulgado por esta comissão das Nações Unidas.

Além disso, elaborou-se um documento com uma proposta regional sobre globalização entregue à Comissão Mundial sobre a Dimensão Social da Globalização, criada em fevereiro de 2002 pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Entre os participantes da reunião, destacaram-se o diretor regional para as Américas da OIT, Agustín Muñoz; o secretário mexicano de Trabalho e Previdência Social, Carlos María Abascal, e o presidente do Banco Central da Costa Rica, Francisco Paula Gutiérrez.

O ministro do Trabalho chileno, Ricardo Solari; o subdiretor do Departamento Nacional de Planejamento da Colômbia, Alejandro Gaviria; e o titular da carteira de Trabalho de Argentina, Carlos Tomada, também estiveram presentes ao evento.