Governo retoma o Convênio de Crédito Recíproco para exportações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 13 de setembro de 2003 as 11:20, por: cdb

 governo está analisando os limites de valor e de tempo do Convênio de Crédito Recíproco (CCR) para apoiar a exportação de bens de capital e de serviços. A declaração foi feita, neste sexta-feira, no Rio de Janeiro, pelo ministro interino do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Márcio Fortes, no seminário “A Cooperação Sul-Americana”, promovido pela Fundação Perseu Abramo e Associação Comercial do Rio de Janeiro.

Ele explicou que esse é um instrumento importante e está em fase final de análise. Segundo o ministro, o convênio, suspenso no governo anterior, foi retomado recentemente e agora precisa ser aperfeiçoado. “É um assunto importante e está na pauta urgente de negociação. É um instrumento que facilita a garantia. Alguns Bancos Centrais entendiam que havia o problema do risco, aqui no Brasil foi assim. Já se voltou atrás nessa questão e agora tem que definir como tornar operacional, definindo valores e o tempo.”