Governo oficializa liberação dos transgênicos nesta quinta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de setembro de 2003 as 10:15, por: cdb

O presidente em exercício, José Alencar, marcou para as 10h uma reunião com o Ministério da Agricultura onde provavelmente confirmará a liberação do plantio de transgênicos para a safra 2003/2004. Alencar comunicou a decisão aos parlamentares da frente da agricultura que estavam no Plenário para Reforma Tributária por volta de meia-noite.

O governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, que está na Espanha, soube da assinatura nesta manhã. Em entrevista à rádio, ele informou que já sabia que a decisão seria tomada pois ontem recebeu um telefonema do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, confirmando a decisão.

“A medida tranqüiliza os produtores, mas não substitui o marco legal. No futuro, a biotecnologia deve ser regularizada em um projeto”, afirmou Rigotto. Ele acredita que não haverá prejuízo da safra, que inicia em 1° de outubro. Ele ainda não conhece o texto da MP.

A polêmica sobre o plantio de transgênicos já provoca reações. O deputado Sarney Filho, ex-ministro do Meio Ambiente, entrará com um processo no Supremo pedindo a inconstitucionalidade da medida.

Após mais de uma hora de conversa por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está viajando, o presidente em exercício, José Alencar, decidiu, no início da noite de ontem, assinar a medida provisória liberando o plantio de soja transgênica.

A informação foi divulgada pelo senador Paulo Paim (PT-RS), que participou de reunião entre parlamentares gaúchos e Alencar no Palácio do Planalto, uma das muitas realizadas em Brasília num dia tenso.