Governo FHC liberou R$ 42 mi à agência de Nizan em 2002

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de setembro de 2002 as 12:57, por: cdb

Enquanto a torneira do orçamento deste ano do governo federal permanece despejando gotas para áreas como habitação e saneamento básico, a agência DM9 DBB Publicidade, de propriedade do Nizan Guanaes – marqueteiro oficial do candidato do governo à Presidência da República, José Serra (PSDB) -, já faturou R$ 42 milhões em 2002.
E a maior parte das verbas destinadas à empresa de Nizan, R$ 37,4 milhões (88,9% do total), veio, segundo informações do site de Cláudio Humberto, do Ministério da Saúde, chefiado até recentemente pelo próprio Serra. A DM9 recebeu seis vezes mais que um importante programa da pasta: apenas R$ 6,1 milhões foram executados para o “Saúde da Mulher” em 2002.

O governo FHC, ainda segundo o site, gastou R$ 213,3 milhões com publicidade, só na administração direta, em 2002. É mais dinheiro que os R$ 198,6 milhões aplicados no programa “Qualidade e Eficiência do SUS”, um dos mais importantes do Ministério da Saúde.