Governo faz estimativa de crescimento do PIB maior que a do mercado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 27 de junho de 2012 as 14:20, por: cdb

Daniel Lima, Yara Aquino e Pedro Peduzzi
Repórteres da Agência Brasil

Brasília – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje (27) que o governo estima o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2,5% para este ano, em uma demonstração de que está mais otimista que os analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC).

De acordo com estimativas do setor, que constam do boletim Focus, pesquisa feita pelo BC semanalmente, os representantes das instituições financeiras esperam um crescimento de 2,18% este ano.

Segundo Mantega, o PIB voltou a crescer e apresentará um resultado melhor no segundo semestre. “Vejam só o que está acontecendo com as taxas de juros, em queda. E a oferta de crédito está aumentando. Isso causa um estímulo forte para a economia”, avaliou.

Para o ministro, outro fator positivo é que, com a desvalorização do real ante o dólar, o câmbio passou a ser favorável para as empresas brasileiras, pois os produtos nacionais passaram a ser mais baratos e ter mais competitividade no mercado externo.

Mantega anunciou nesta quarta-feira o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Equipamentos, com medidas para agilizar as compras governamentais, dando preferência à aquisição de produtos da indústria nacional, e estimular, com isso, a economia interna. “São várias iniciativas que estimulam a produção brasileira. São R$ 2 bilhões só para a indústria farmacêutica, para produtos fabricados no Brasil”, disse.

Edição: Lana Cristina