Governo diz que soja não devasta a Amazônia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 21 de setembro de 2003 as 16:56, por: cdb

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) contesta notícia publicada na semana passada pelo jornal norte-americano The New York Times que relata suposto desmatamento da Amazônia por causa do crescimento do plantio de soja na região.

Para o governo, isto reflete o protecionismo agrícola dos países desenvolvidos, incomodados com a expansão do agronegócio nacional. Hoje, o cultivo de soja no Norte do país, onde está a floresta amazônica, é de 211,5 mil hectares, o que representa 0,06% da área de 387 milhões de hectares da região.

Na nota, o Mapa reafirma “a permanente preocupação do governo federal em preservar os recursos ambientais da Amazônia como forma de promover uma agricultura auto-sustentável e ecologicamente compatível com a região. Por isso, o Brasil não permitirá que a floresta amazônica seja desmatada indiscriminadamente”.