Governo da Itália tem voto de confiança sobre desregulamentação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 16:09, por: cdb

Governo da Itália tem voto de confiança sobre desregulamentação

ROMA, 1 Mar (Reuters) – O governo italiano obteve um voto de confiança na quinta-feira, com a aprovação de medidas de desregulamentação do setor de serviços. Para o primeiro-ministro Mario Monti, as medidas são essenciais para estimular o crescimento.

O Senado votou em peso em favor do governo -foram 237 votos a 33- e o pacote de medidas agora vai para a câmara baixa do Parlamento, onde deverá ser aprovado ainda este mês.

O governo pediu o voto de confiança para evitar um debate prolongado sobre as 1.700 emendas propostas no pacote, envolvendo setores como os de farmácias, táxis, bancos e advogados. Muitas das medidas de desregulamentação, chamadas por Monti de projeto “Cresça Itália”, foram diluídas ou desmanteladas por partidos que buscavam proteger os grandes interesses durante as mais de duas semanas de debate em um comitê do Senado.

A liberalização da distribuição de licenças de táxi, por exemplo, foi deixada de lado, reservando o poder para isso aos prefeitos, considerados suscetíveis aos lobbies locais de táxi.

Por outro lado, algumas medidas foram endurecidas no Senado, em especial com relação aos bancos. O pacote prevê contas bancárias praticamente gratuitas a aposentados de baixa renda e proíbe os bancos de cobrarem comissões sobre linhas de crédito.

O comitê que preside o lobby dos bancos da Itália (ABI) renunciou hoje em protesto contra o pacote.

(Reportagem de Catherine Hornby e Steve Scherer)

Reuters