Governador tucano acena com possível apoio da oposição a Dilma

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 1 de janeiro de 2011 as 18:39, por: cdb
Atualizado em 19/11/16 12:48

Marconi Perillo é vice-presidente do Senado

A presidenta Dilma Rousseff poderá contar com o apoio dos governadores de partidos de oposição, afirmou neste sábadoo governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). Depois de participar da posse de Dilma no Congresso Nacional, o ex-senador disse que fará tudo para colaborar com o novo governo na promoção do desenvolvimento do país e na realização de reformas, como a política e tributária.

– Governo não faz oposição a governo. Vou sugerir que a presidenta leve a cabo as reformas tão necessárias para que o país possa mudar definitivamente seu perfil e gerar cada vez mais oportunidades. De minha parte, farei tudo para colaborar com o meu país. A oposição não deve ser ao país. Cabe ao parlamente fiscalizar, à oposição fazer oposição e aos governadores e à presidenta governar. Tenho certeza que essa é a opinião sensata de todos os governadores do PSDB – disse Perillo. Ele acrescentou que todos os governadores tucanos pensam da mesma forma.

Um dos principais líderes da oposição no Senado durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Perillo prometeu colaborar com a nova presidenta.

– Vamos, com toda a sinceridade, buscar colaborar com a presidenta e estamos certos de que vamos viver um bom tempo de relacionamento maduro e democrático das nossas instituições – afirmou.

O tucano disse esperar que Dilma tenha uma relação respeitosa com a oposição e com as demais instituições.

– Estou certo de que o discurso que a presidenta fez será levado a cabo e ela procurará unir as forças todas do Brasil para que possa avançar sem ódios, sem hipocrisias, avançar no sentido de valorizar a cidadania e respeitar a dignidade dos brasileiros – disse Perillo.

Comments are closed.