Gil canta no lançamento da Frente da Cultura no Congresso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 30 de outubro de 2003 as 17:14, por: cdb

O ministro da Cultura Gilberto Gil deu uma canja nesta quinta-feira no Congresso Nacional, durante o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Cultura, ao cantar Asa Branca, de Luiz Gonzaga. A Frente será composta por 23 senadores, que vão observar e incentivar a aprovação de projetos relativos ao meio cultural no Congresso.

— Acredito sim que esta frente aumentará a aproximação do governo federal com o Poder Legislativo — disse o ministro durante discurso no Salão Negro.

Gil aproveitou para agradecer aos senadores que estenderam por mais 11 anos, no texto da reforma tributária, a possibilidade dos governadores continuarem concedendo incentivos fiscais a empresas que investem em cultura.

— A cultura não faz parte da guerra fiscal, ela tem que ser tratada em um horizonte muito mais amplo — disse em discurso o líder do governo no Senado e presidente da Frente, senador Aloísio Mercadante (PT-SP). Estiveram também presentes no evento a coreógrafa Débora Colker e os cantores Lobão e Sandra de Sá.