General Cardoso apresenta plano contra violência na Câmara Americana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 14 de agosto de 2001 as 20:47, por: cdb

O chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, ministro Alberto Cardoso, apresentou nesta terça-feira, na Câmara de Comércio Americana, nesta capital, o programa “O Brasil diz não à violência”, visando à busca de novas parcerias com a iniciativa privada. Segundo o general Cardoso, o objetivo do programa é otimizar recursos e integrar projetos de prevenção à criminalidade.

Implementado nas regiões metropolitanas do Recife, São Paulo, Vitória e Rio de Janeiro, o programa tem caráter preventivo. Ele engloba 47 ações dispostas no programa federal Avança Brasil e tem foco em áreas onde jovens entre 16 e 24 anos residem e não nos locais onde os crimes acontecem. Os recursos, provenientes do Orçamento, somam R$ 3,4 bilhões.

Para Alberto Cardoso, trata-se de uma iniciativa onde o estado age como um indutor de cooperação entre a iniciativa privada e o terceiro setor. Ele cita o Bolsa-Escola e o Saúde na Família como alguns dos 47 programas que englobam o Brasil diz não à Violência. Os dois programas trouxeram a São Paulo recursos no valor de R$ 160 milhões. Já o projeto “Esporte à Meia-Noite”, vinculado ao programa Paz na Escola, foi responsável por reduzir em 30% a criminalidade em bairros de Brasília. ()