GE retira dois aviões da Varig e encerra histórico de parceria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 10 de junho de 2003 as 17:11, por: cdb

A GE Capital pretende no curto prazo encerrar seus longo histórico de leasing de aeronaves com a Varig.

A empresa já foi um dos maiores clientes da companhia de leasing do conglomerado americano com mais de 35 aviões alugados, mas atualmente só restam 2 em operação que deverão ser retirados da empresa brasileira em breve.

O profundo relacionamento entre GE e Varig despertou comentários de que o conglomerado americano possuía um representante no conselho administrativo da Varig durante a década de 90.

Atualmente, em compensação, o grupo americano demonstrou insatisfação com os consecutivos atrasos nos pagamentos dos leasing dos aviões e decidiu endurecer a cobrança junto com outras empresas leasing. Com isso, no último ano a frota total da Varig reduziu em mais de 30 aeronaves.

– Temos um longo histórico com a Varig, mas hoje a empresa só usa dois aviões da GE que serão devolvidos no curto prazo – disse o presidente do grupo ameircano para a América Latina, Alexandre Silva.

A GE continuará parceira da Varig na empresa GE Celma que realiza manutenção de turbina de avião. A companhia pertencia à Varig, mas durante uma das crises financeiras anteriores da aérea, a unidade foi transferida para a GE em troca do perdão de parte das dívidas.

Esse afastamento entre GE Capital e Varig não significa a saída da empresa de leasing do mercado aéreo brasileiro. Além de uma parceria forte com a TAM, o conglomerado americano está com as apostas firmes na Embraer, tanto para o aluguel de aviões da marca quanto no fornecimento de turbinas.