Gastos com habitação impulsionam inflação na terceira prévia do mês

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de março de 2012 as 07:43, por: cdb

Daniel Mello
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) chegou a 0,51% na terceira prévia de março (semana do dia 22). O resultado representa um aumento de 0,04 ponto percentual sobre o da apuração anterior, segundo o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O índice do grupo de despesas relacionadas à habitação subiu de 0,89% para 1,02% e foi um dos principais responsáveis pelo aumento da taxa global. Nesse grupo, tiveram destaque os itens empregada doméstica mensalista (de 4,1% para 4,93%), aluguel residencial (de 0,74% para 0,95%), taxa de água e esgoto residencial (de 1,26% para 1,85%) e condomínio residencial (de 1,01% para 1,09%).

No grupo alimentação, o IPC-S também subiu, de 43% para 0,52%, com influência das carnes bovinas, que reduziram a intensidade da queda de preços (de -3,09% para -2,06%).

Também registraram aumentos os grupos saúde e cuidados pessoais (de 0,52% para 0,6%), despesas diversas (de 0,06% para 0,12%) e educação, leitura e recreação (de 0,24% para 0,28%).

Já transportes (de 0,34% para 0,20%), comunicação (de -0,19% para -0,28%) e vestuário (de 0,31% para 0,27%) registraram decréscimo nas taxas.

Edição: Juliana Andrade