Garzón é o novo governador do Vale do Cauca na Colômbia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de outubro de 2003 as 03:20, por: cdb

O ex-ministro do Trabalho e ex-sindicalista Angelino Garzón, que concorreu por uma coalizão cívica, venceu no último domingo as eleições para governador do Vale do Cauca. O departamento (Estado) é o segundo mais importante da Colômbia.

Garzón se tornou o segundo ex-líder sindical a alcançar um dos cargos de eleição popular mais importantes do país, após Luis Eduardo Garzón, esquerdista que assumirá a prefeitura da capital colombiana.

Depois de apuradas 51,11% das 8.027 urnas nessa região do sudoeste do país, Garzón obtinha 333.808 votos. Segundo o último boletim eleitoral, o ex-ministro tinha 61,03% da preferência popular, contra os 14,83% de seu maior adversário, o liberal Carlos Holmes Trujillo García, que somava 81.123 votos.

O virtual governador do Vale do Cauca é um independente de 56 anos que se formou recentemente em Jornalismo.
 
Angelino Garzón foi ministro do Trabalho nos últimos meses do Governo do então presidente Andrés Pastrana (1998-2002) e, até meados deste ano, fez parte de um comitê criado por Alvaro Uribe para buscar uma aproximação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em relação à troca de reféns por rebeldes presos.