Garotinho presta depoimento sobre exoneração de comandante da PM

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 9 de junho de 2003 as 16:39, por: cdb

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, presta depoimento, na tarde desta segunda-feira, na Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa (Alerj). Ele está explicando aos membros da CPI os fatos que envolveram a exoneração do tenente-coronel Erir Ribeiro do comando do 4º Batalhão da Polícia Militar, no bairro de São Cristovão, zona norte do Rio.

A Comissão de Segurança Pública, presidida pelo deputado Flávio Bolsonaro (PP), quer saber se houve pressão política para a saída do coronel por causa das denúncias que ele fez contra o secretário estadual de Esportes, deputado Francisco Carvalho, o Chiquinho da Mangueira.

Segundo o coronel Erir Ribeiro, o secretário teria lhe pedido para diminuir o número de incursões policiais contra o narcotráfico no Morro da Mangueira. Anthony Garotinho disse que chegou a seu conhecimento somente o fato de que o parlamentar teria pedido ao coronel que evitasse o trabalho policial na hora de entrada e saída de alunos nas escolas públicas da região.

Garotinho disse que o caso ainda está sendo apurado e que, se houver provas da culpa do oficial, ele será punido,o mesmo ocorrendo aos que o acusarem sem provas.