Garotinho passa por novos exames no 3º dia da greve de fome

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 2 de maio de 2006 as 12:00, por: cdb

Possível pré-candidato do PMDB à Presidência da República, Anthony Garotinho, passou por uma nova bateria de exames médicos nesta terça-feira, terceiro dia de sua greve de fome em protesto ao que ele chama de “campanha mentirosa e sórdida” promovida pela mídia para desconstruir sua imagem. O médico Abdu Neme, em boletim médico divulgado na manhã desta terça disse que o grevista passa bem e mantém todas as suas funções vitais em boas condições.

Nesta segunda-feira, o médico registrou que Garotinho sofreu uma perda de 700 gramas entre domingo e segunda e que estava com 89,2 quilos. O exame coronário mostrou que ele apresentou “ritmo cardíaco regular em dois tempos; sem sopros, sem atritos, sem arritmias”. O ex-governador iniciou o protesto na tarde de domingo, após dizer que sofre perseguição da mídia, do sistema financeiro e do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, a quem qualificou como “covarde”. Ele diz ainda que suas ‘posições cristãs e éticas’ vêm sendo ridicularizadas. Ele é evangélico.

Assessores do ex-governador disseram que a greve de fome só será suspensa com duas condições: “que seja instituída uma supervisão internacional no processo político-eleitoral brasileiro, assegurando a igualdade de tratamento a todos os candidatos, com acompanhamento de instituições nacionais que tradicionalmente defendem a democracia”; e “que os veículos de comunicação que fazem calúnias cedam o mesmo espaço para que a população possa conhecer a verdade dos fatos”.

Garotinho se mantém numa sala de 15 metros quadrados na sede regional do partido, no centro do Rio. Dispõe de um pequeno banheiro com chuveiro e de um frigobar, onde há apenas água.