Garotinho não testemunhará no caso Silveirinha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de junho de 2003 as 18:16, por: cdb

O advogado Sergio Mazzillo confirmou nesta quinta-feira que o secretário de Segurança Pública e ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, não está mais arrolado como testemunha no caso dos fiscais acusados de desviar dinheiro para contas na Suíça.

– O atual secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro não está mais arrolado como testemunha no caso dos fiscais, já que, nos termos de petição apresentada ao Juízo da 3ª Vara Federal, pelo advogado de um dos fiscais, os esclarecimentos que seriam solicitados do senhor Anthony William Garotinho já foram prestados pelas testemunhas que depuseram a requerimento do Ministério Público – explicou Mazillo.

– Na verdade, na mesma petição está consignada a desistência em ouvir o secretário de Segurança – acrescentou.

Os treze fiscais acusados de desvio de dinheiro, entre eles o ex-chefe da Inspetoria de Empresas de Grande Porte da Secretaria Estadual de Fazenda, Rodrigo Silveirinha, estão presos na carceragem da Polinter, aguardando julgamento.