Garotinho apóia candidatura de Virgílio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de janeiro de 2005 as 11:27, por: cdb

O ex-governador e atual secretário de Governo do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, afirmou nesta quarta-feira que 30 deputados federais ligados a ele votarão no candidato avulso à presidência da Câmara Virgílio Guimarães (PT-MG).

– São 30 deputados: 18 do PMDB, 6 do PSC e mais alguns outros partidos que vão apoiar a candidatura de Virgílio – disse Garotinho, que tomou café da manhã em um hotel de Brasília com o petista mineiro e mais 15 deputados.

O ex-governador afirmou que não quer transformar a eleição para a presidência da Câmara em uma luta de oposição, mas acusou o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, de pôr o presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o Rio de Janeiro.

– Em determinado ponto ele (Dirceu) conseguiu o intento dele – disse.

Garotinho afirmou que está apoiando Virgílio Guimarães porque ele é o melhor candidato à sucessão de João Paulo Cunha.

– Para nós é melhor apoiar quem tem palavra e o Virgílio cumpriu tudo que prometeu para o Rio na reforma tributária. Não sou oposição radical ao governo – afirmou o ex-governador.

Ao seu lado, Guimarães lembrou que é do PT.

– E isso assegura a tradição e a proporcionalidade partidária na Câmara. A regra está mantida – disse o deputado.

Pela tradição, cabe ao maior partido da Câmara, o caso o PT, indicar o presidente da Casa. E o PT indicou o deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (SP). Virgílio Guimarães vai se encontrar daqui a pouco com o presidente do PMDB, deputado Michel Temer (SP).