Garota de um ano é morta em assalto a ônibus na Bahia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 15 de setembro de 2003 as 04:57, por: cdb

Bianca Silva Santos, de apenas um ano de idade, foi morta com um tiro no olho direito e o policial civil Luís Carlos Lopes Gomes, 44, lotado na 18ª Delegacia (Camaçari), acabou baleado na bacia e na boca, durante assalto praticado por dois homens ao ônibus da empresa Litoral Norte de placa JNZ-1831, no subúrbio ferroviário de Itacaranha.
 
A garotinha Bianca, que morava em Ilha de São João, foi sepultada às 16h de ontem, no Cemitério Ordem 3ª de São Francisco.

O ônibus da Litoral Norte seguia de Ilha de São João para o Terminal da França. Por volta das 19h, o motorista Almiro Joaquim de Santana parou no ponto antes do posto de gasolina de Itacaranha, onde subiram os dois assaltantes.
 
Logo um dos assaltantes, identificado como Jurandir Santos Araújo, rendeu o cobrador, de quem roubou R$ 89, ordenando que seu parceiro passasse para a frente e saqueasse os passageiros.

Nesse momento, o policial civil, que estava sentado na cadeira localizada na parte de trás da poltrona do motorista, se atracou com o ladrão desarmado. A reação fez com que Jurandir começasse a atirar dentro do ônibus, causando pânico e correria. Bianca chegou sem vida ao Hospital João Batista Caribé, enquanto Luís Carlos está internado no Hospital Geral do Estado (HGE).

O assalto foi registrado no Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc). Durante as primeiras investigações, agentes chegaram à informação de que o assaltante Jurandir veio do Rio de Janeiro há um mês, ficando hospedado em casa de parentes, na localidade de Vida Nova, Lauro de Freitas.

Ele pegou o comparsa e foi à casa da avó, em Itacaranha, onde tentou levar seu carro para fazer assaltos. Como se negou a entregar o veículo, a mulher foi baleada de raspão na cabeça, sendo medicada no Hospital João Batista Caribé.