Ganhos do BB acumulam alta de mais de 40% em um ano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de novembro de 2006 as 11:25, por: cdb

O Banco do Brasil teve lucro líquido de R$ 907 milhões no terceiro trimestre, ante resultado positivo de R$ 1,438 bilhão no mesmo período de 2005. De janeiro a setembro, o Banco do Brasil acumulou um lucro líquido de R$ 4,8 bilhões, resultado 40,4% superior ao observado no mesmo período de 2005. Isso corresponde a um retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado de 35,9%.

A instituição fechou o trimestre de julho a setembro com ativos totais de R$ 281,6 bilhões , acima dos R$ 245,5 bilhões do terceiro trimestre do ano passado. O resultado bruto da intermediação financeira somou R$ 2,501 bilhões no terceiro trimestre, abaixo dos R$ 3,574 bilhões apurados no mesmo período de 2005. A carteira de crédito do BB no trimestre passado somou R$ 118,34 bilhões. No mesmo período do ano passado, a carteira de crédito do banco somava R$ 94,68 bilhões.

As operações de crédito classificadas entre “AA-C” passaram de 89,5% em setembro de 2005 para 87,6% em setembro passado. O patamar está abaixo dos 89,6% do sistema financeiro nacional no terceiro trimestre do ano, informou o BB em comunicado. As provisões para toda a carteira de crédito somaram R$ 8,2 bilhões em setembro, ante R$ 7,7 bilhões no encerramento do terceiro trimestre de 2005, acompanhando “o agravamento de risco na carteira rural referente à safra 2005/2006 e crescimento de volume nas carteiras de crédito para pessoas físicas e jurídicas”.

O Banco do Brasil continua líder em base de clientes no sistema financeiro brasileiro, de acordo com comunicado da instituição divulgado nesta segunda-feira. O banco encerrou o trimestre com 24,1 milhões de correntistas, sendo 22,6 milhões de pessoas físicas e 1,5 milhão de pessoas jurídicas.