Ganhadores do Nobel pedem que premiê britânico reveja postura em relação às Ilhas Malvinas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2012 as 09:01, por: cdb

Ganhadores do Nobel pedem que premiê britânico reveja postura em relação às Ilhas Malvinas

Em apoio a uma solução pacífica da disputa pela soberania da região, ativistas defendem apelos de paz da Argentina

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Publicado em 28/03/2012, 11:55

Última atualização às 11:55

Tweet

São Paulo – Com o objetivo de pedir ao premiê britânico que ele reveja sua posição em relação à disputa pela soberania das Ilhas Malvinas, seis ganhadores do Prêmio Nobel da Paz enviaram uma carta a James Cameron pedindo que examine a questão e aceite dialogar. O argentino Adolfo Pérez Esquivel, o sul-africano Desmond Tutu, a gualtemalteca Rigoberta Menchú, a irlandesa do norte Mairead Corrigan Maguire, o norte-americano Jody Williams e a iraniana Shirin Ebadi são os signatários da carta.

Publicada no site de Pérez Esquivel, a carta remete ao pedido da presidente argentina Cristina Kirchner para que se cumpra com a resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que convida a ambos os governo a seguir com as negociações e a buscar uma solução pacífica ao problema de soberania.

“Queremos lembrar que atualmente a região latino-americana e o Caribe formam um território de paz, enquanto o resto do mundo sofre conflitos bélicos que põem em risco a paz mundial em algumas regiões”, cobra o documento, que critica a falta de diálogo dos britânicos com a Argentina. Para os signatários, a instalação e a manutenção de uma base militar na ilha reforçará o risco de acabar com a paz e a convivência “desta parte do mundo”.

A carta foi enviada ao primeiro-ministro britânico poucos dias antes do aniversário de 30 anos do desembarque de tropas argentinas nas Ilhas Malvinas, completados no dia 2 de abril.

Com informações do jornal Página12