Galo bate o Figueirense por 1 a 0

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de outubro de 2003 as 23:12, por: cdb

 Atlético Mineiro vem mostrando que sua boa fase não é passageira. Nesta quinta-feira à noite, em Florianópolis, derrotou o Figueirense por 1 x 0, gol de Fábio Júnior, passando a somar 60 pontos e subindo para a quarta posição no Campeonato Brasileiro. O São Paulo, que perdeu por 3 x 0 para o Bahia, caiu para o quinto lugar.

Esta foi a quarta derrota consecutiva da equipe catarinense, que permanece com 44 pontos. Já o Galo chegou à quarta vitória seguida e está invicto há nove rodadas. Mas o jogo não foi fácil para os visitantes, que tiveram de suar muito para conquistar três pontos.

O primeiro tempo foi todo dominado pelo Figueirense. A equipe catarinense teve várias oportunidades de abrir o placar, mas foi barrada pelas mãos do goleiro Velloso, que teve muito trabalho, inclusive em conclusões à queima-roupa. No minuto final, após vacilo de Scheidt, Willian tocou para Bilú, que chutou forte para grande defesa do arqueiro alvinegro.

O segundo tempo começou com o Figueirense buscando o gol, partindo para cima do Atlético, que não conseguia atacar. Na primeira oportunidade que teve, o Galo não falhou: Marquinhos cruzou da esquerda, a bola cruzou a área e Fábio Júnior completou para a rede.

Com a vantagem no placar, o Atlético tomou gosto pelo jogo e começou a se soltar pela direita, com Cicinho e Lúcio Flávio. Foi por este lado que o segundo gol atleticano quase saiu. Lúcio Flávio passou para Márcio Araújo chutar forte e errar por pouco o alvo.

Os catarinenses só tiveram boa chance de empatar aos 41 minutos, só que Velloso voltou a brilhar, espalmando tiro de Willian.

ATLÉTICO-MG 1 x 0 FIGUEIRENSE

Atlético-MG
Velloso; Luiz Alberto, Scheidt, Cicinho e Marquinhos; Hélcio, Marcelo Silva, Juninho (Márcio Araújo) e Lúcio Flávio (Lúcio Flavio); Fábio Junior e Paulinho (Ferrugem).
Técnico: Marcelo Oliveira

Figueirense
Édson Bastos, Paulo Sérgio (Felipe Oliveira), Márcio Goiano e Cléber; Triguinho, Jeovânio (Luis Fernando), Carlos Alberto, Bilu (Danilo Santos) e Willian; Fernandinho, Sandro Gaúcho.
Técnico: Dorival Junior

Data: 9/10/2003 (quinta-feira)
Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis
Árbitro: Elvécio Zequetto (MS)
Assistentes: Paulino Mariano Fernandes (MS) e Aécio Aparecido Lezzo (MS)
Cartões amarelos: Juninho, Cléber e Luis Fernando
Gol: Fábio Júnior, aos 8min do segundo tempo.