Funeral de ministra assassinada na Suécia promete parar o país

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 19 de setembro de 2003 as 02:32, por: cdb

O funeral da ministra do Exterior da Suécia, Anna Lindh, assassinada a facadas na última semana, vai acontecer nesta sexta-feira na capital sueca, Estocolmo.

A cerimônia promete parar o país, até vôos sobre o centro de Estocolmo foram proibidos, e reunir 1,3 mil convidados, entre eles, políticos como Joschka Fischer, ministro do Exterior alemão, e os seus colegas francês, Dominique de Villepin, e britânico, Jack Straw.

O secretário de Estado americano, Colin Powell, também havia confirmado a sua presença, mas teve que voltar atrás na última hora, por causa dos estragos causados pelo furacão Isabel em seu país.

Centenas de policiais vão isolar uma parte de Estocolmo para a cerimônia, às 11h (6h, no horário de Brasília), que será transmitida ao vivo para Suécia, Dinamarca, Finlândia e Noruega.