Fundação Getúlio Vargas lança estudo sobre pobreza

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de novembro de 2005 as 10:58, por: cdb

O Centro de Políticas Sociais do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), lançou, nesta segunda-feira, a pesquisa Miséria em Queda – primeiro estudo sobre a pobreza brasileira utilizando dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad-2004).

Divulgada na última sexta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Pnad constata ligeira queda no índice de desigualdade social no país e acentuada melhora nas condições do emprego e de outros indicadores sociais.

Segundo o coordenador do Centro de Políticas Sociais, Marcelo Néri, a nova pesquisa demonstra, em primeira mão, “uma queda espetacular nos índices de pobreza no país, movida principalmente pelo aumento da ocupação, redução da desigualdade de renda entre os brasileiros e pelo aumento de transferências do estado para a população mais pobre em 2004”.

Para Marcelo Néri, os resultados sociais da safra Pnad 2004 (e as indicações para 2005) estão maravilhosos e os 2,7 milhões de empregos gerados deverão se revelar nas análises do Centro de Políticas Sociais, provavelmente também forte retração da miséria no país.

Para divulgar a pesquisa Miséria em Queda, a FGV já fez um “levantamento relâmpago”, mas bastante completo, na avaliação de Néri, sobre a pobreza com base nos dados da Pnad 2004, comparando com anos anteriores ao governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com o período dos dois mandatos e o governo Lula (2003 e 2004).