Fundação Dr. Thomas beneficiada por projeto da Polícia Federal

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2012 as 08:00, por: cdb

A Fundação Dr. Thomas será uma das instituições beneficiadas pelo projeto Horta da Felicidade, lançado na segunda (26) pela Superintendência da Polícia Federal e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas. O projeto tem o objetivo de produzir hortaliças em um terreno de mil metros quadrados, localizado da sede da Polícia Federal, para doação a entidades de apoio a idosos e crianças. Além da Fundação, as outras entidades beneficiadas serão o Abrigo Moacir Alves e o Grupo de Apoio à Criança com Câncer.

A iniciativa contou com o apoio das Secretarias Municipais de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp) e de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). Também são parceiros do projeto órgãos como a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Instituto de Desenvolvimento do Amazonas (IDAM), entre outros.

A Horta da Felicidade tem ainda a proposta de servir como campo de trabalho para os estudantes do Ifam, incentivar a introdução de hábitos saudáveis de alimentação na população beneficiada e divulgar a criação de hortas domésticas.

A criação da horta iniciou com um projeto desenvolvido por professores do Ifam, tendo uma preocupação com o aspecto paisagístico. São 30 canteiros, com 16 metros de comprimento. O centro da horta possui um formato de mandala. Segundo o professor do Ifam Aldo da Silva Gama, todo o preparo da horta e o plantio foram executados por estudantes, com a participação de servidores da Polícia Federal e da Semulsp há três semanas. A expectativa é que dentro de duas semanas aconteça a primeira colheita.

Foram plantadas hortaliças como alface, couve, repolho, pimentão, vinagreira, entre outras. A horta é orgânica, sem uso de agrotóxicos. O plantio foi pensado para um volume de produção semanal de 210 pés alface e 50 quilos de pimentão, para citar dois exemplos.

Visitas à horta

O superintendente da PF, Sérgio Fontes, fez questão de ressaltar a satisfação em lançar um projeto de cunho social. “Na sociedade atual, não se admite mais nenhuma instituição sem engajamento social”. Segundo ele, uma das finalidades do projeto é também receber o público beneficiado. “Vamos agendar visitas das crianças e idosos para que conheçam a horta e tenham contato com nossos servidores. Temos uma rotina dura de trabalho e essa interação vai nos fazer muito bem”, destacou Sérgio.

A vice-presidente da Fundação Dr. Thomas, Ana Lúcia Araújo, agradeceu a parceria e afirmou como a doação será importante para a alimentação dos idosos. “Temos, em média, 120 idosos residentes na Fundação, que fazem seis refeições diárias preparadas na casa. A doação das hortaliças vai enriquecer ainda mais a alimentação dos nossos idosos”, disse Ana Lúcia. A vice-presidente pretende levar os idosos para conhecer a horta nos próximos dias.

Assessoria de Comunicação
Fundação Dr. Thomas
Naira Araújo (3215-6007/ 8842-3366)