Funcionários da Cetesb continuam em greve por tempo indeterminado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de maio de 2003 as 17:16, por: cdb

Os funcionários da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), que cruzaram os braços à 0h desta terça-feira, realizaram uma assembléia durante a manhã onde foi decidida a continuidade da greve por tempo indeterminado.

O sindicato da categoria informou que a paralisação é de 100%, sendo mantidos em funcionamento apenas os serviços essenciais, como os de laboratório. Uma nova assembléia será realizada na próxima quinta-feira.

A Cetesb tem cerca de 2.000 funcionários distribuídos na capital, interior e litoral, e é responsável pela medição da qualidade do ar, balneabilidade das praias, emissão de licenciamento ambiental, fiscalização e aplicação de multas a empresas poluidoras.

Reivindicações

Os trabalhadores da Cetesb reivindicam 18,13% de reajuste salarial com repasse aos benefícios, 5% de aumento real e plano de carreira. Três reuniões de negociação já foram realizadas, mas a Cetesb não apresentou nenhuma proposta.

A empresa já havia informado que nenhuma proposta será feita para os funcionários pois a Cetesb, que pertence ao governo do Estado, não pode ampliar seus gastos com a folha de pagamento por estar presa à Lei de Responsabilidade Fiscal.