Funai terá que substituir quase 300 terceirizados até o primeiro semestre do ano que vem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de setembro de 2011 as 13:19, por: cdb

Luana Lourenço
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Fundação Nacional do Índio (Funai) terá que substituir 294 funcionários terceirizados por servidores aprovados em concurso público. A mudança deve começar a partir deste mês e tem que ser concluída até julho de 2012.

A substituição foi autorizada hoje (5) pelo Ministério do Planejamento, em portaria publicada no Diário Oficial da União. Em 30 dias, a Funai terá que extinguir pelo menos 125 postos de trabalho terceirizados. Até 29 de fevereiro de 2012, mais 85 serão extintos e os demais, até 31 de julho de 2012.

Para as vagas, serão nomeados 212 servidores aprovados em concurso: 100 indigenistas especializados, 75 agentes de indigenismo e 37 auxiliares em indigenismo.

Edição: Lana Cristina