Fruto do trabalho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 16:50, por: cdb

Fellype Gabriel prometeu semana de trabalho duro antes do clássico (Crédito: AGIF)

Nem parece que Fellype Gabriel é o jogador que está há menos tempo no elenco alvinegro. Com apenas cinco jogos com a camisa do Botafogo, o meia caiu nas graças do torcedor botafoguense ao marcar cinco gols, três deles sobre o Vasco. Para o jogador, a média de um gol por partida vem do trabalho duro que vem fazendo no clube.

“Desde que cheguei procurei sempre trabalhar sério. Fui muito bem recebido pelos companheiros, o que facilitou minha adaptação. Tenho me dedicado muito e isso tem me ajudado muito nesse começo aqui”, contou Fellype Gabriel. “Isso é fruto do trabalho, tenho trabalhado firme com os companheiros e com a comissão técnica, mas não posso parar por aí. Tenho muito para crescer e espero ajudar muito meu time ainda”, disse.

Depois de encarar uma longa sequência de jogos no meio da semana até a vitória sobre o Duque de Caxias, o Botafogo finalmente pôde descansar um pouco. Com o próximo compromisso marcado apenas para domingo, contra o Fluminense, o Alvinegro folgou dois dias antes de voltar às atividades na tarde desta terça-feira, no campo anexo do Stadium Rio.  O Glorioso espera aproveitar o tempo para se preparar para o clássico.

“Difícil acontecer de termos dois dias para descansar como agora. Será uma semana importante para nos dedicar e corrigirmos nossos erros”, constatou Fellype. “Vamos aproveitar bem essa semana para fazer um grande jogo no domingo”, prometeu.

Recém-chegado ao clube, Fellype é mais uma entre muitas boas opções que Oswaldo de Oliveira tem para escalar o meio-campo alvinegro. Brigando por seu espaço no elenco, o jogador lembrou que todos tem que estar prontos para receber ajudar a equipe dentro de campo.

“Temos muitos jogadores para o meio, então o Oswaldo está muito bem servido. Ainda estamos esperando a volta do Maicosuel, que será mais uma boa opção para o treinador. Temos que treinar e nos dedicar ao máximo para estarmos prontos para jogar e ajudar o Botafogo a crescer ainda mais”, afirmou Fellype Gabriel, que espera que o amigo Jobson seja mais uma bela alternativa para o setor ofensivo da equipe.

“Temos um relacionamento muito legal. No começo do ano, estávamos nós dois só treinando, então nos aproximamos bastante. Fiquei muito feliz quando ele fez o gol. Penso que ele ainda pode ajudar bastante o nosso grupo”, disse o meia, que foi abraçado por Jobson na comemoração do primeiro gol do atacante após a suspensão, na vitória sobre o Duque de Caxias.

Fellype Gabriel é um dos nomes disponíveis para o treinador Oswaldo de Oliveira escalar o Botafogo para o clássico contra o Fluminense, às 18h30 deste domingo, no Stadium Rio.

Rodrigo Paradella