Frei foi assassinado no convento, aponta laudo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 19 de setembro de 2003 as 00:07, por: cdb

O Instituto de Criminalística de Pernambuco divulgou nesta quinta-feira um laudo pericial que aponta como homicídio a morte do frei carmelita Luciano Santos de Andrade, cujo corpo foi encontrado nu nas dependências do Convento Nossa Senhora do Carmo, no município de Goiana, no último dia 27 de agosto.

O laudo foi elaborado com base no estudo do local onde ocorreu o crime e em exames realizados no corpo da vítima. Segundo o documento, o frade teria sido arremessado do primeiro andar do convento, de uma altura de 5,5 metros e quando caiu no chão ficou distante 2,20 metros da parede,  o que na versão dos peritos, descartaria por completo a hipótese de suicídio.

Ainda de acordo com a Polícia, a hipótese de que o frei Luciano Santos tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) está praticamente descartada. Apesar do corpo ter sido encontrado nu, não foram encontrados elementos que confirmassem a prática de sexo antes do crime. Os peritos não conseguiram encontrar impressões digitais além das pertencentes ao frei, nem detectar quaisquer sinais de luta corporal nas dependências do convento.