França: `É preciso mudar os rumos na crise do Iraque`

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 31 de outubro de 2003 as 09:55, por: cdb

O ministro do Exterior francês, Dominique de Villepin, disse hoje que o chamado de retorno do pessoal das Nações Unidas de Bagdá demonstra que agora é “mais do que nunca” necessário mudar o rumo na crise iraquiana.

“Mais do que nunca acreditamos que mudando o rumo renderemos compatíveis seja o necessário compromisso da comunidade internacional seja o pleno envolvimento dos iraquianos através de um governo provisório que teria a responsabilidade do destino do Iraque”, disse o chanceler francês.

A ONU chamou de volta temporariamente e para realizar consultas o seu pessoal que está me Bagdá.

“As Nações Unidas, continuou Villepin, foram duramente atingidas no Iraque, a segurança do seu pessoal é uma responsabilidade pesada para o Secretário-geral da ONU. Compreendemos bem o sentido das medidas adotadas hoje”.

Respondendo a uma pergunta sobre a eventualidade de uma retirada das forças norte-americanas do Iraque se posteriormente a situação degenerasse, De Villepin respondeu que “claramente uma retirada do Iraque hoje seria catastrófico e não corresponderia de forma nenhuma as exigências da situação”.

“Por isso desde o começo acreditamos que deveria ter se respondido as aspirações do povo iraquiano acelerando o processo de reconhecimento da soberania do Iraque. É claro que em relação ao Iraque, a comunidade internacional no seu conjunto tem uma responsabilidade”, concluiu Villepin.(ANSA)