Fraga diz que Lula tem condições de recuperar economia do Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 30 de outubro de 2002 as 00:17, por: cdb

O presidente do Banco Central, Armínio Fraga, afirmou hoje que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva terá plenas condições de recuperar a confiança, o crédito e de retomar “um círculo virtuoso de crescimento” no Brasil. Disse que isso só será possível devido aos recentes compromissos públicos assumidos pelo PT.

As afirmações de Fraga, feitas durante audiência na Comissão Mista do Orçamento, vão no sentido contrário ao que o presidente do BC havia feito no segundo turno, quando disse que o país passava por uma crise de confiança devido à falta de clareza sobre os compromissos dos candidatos.

Fraga disse não ter dúvida da “sustentabilidade” da capacidade do país de honrar sua dívida.

O presidente do Banco Central será interlocutor da atual equipe econômica com o governo de transição de Lula. Hoje, Lula anunciou que a equipe que vai comandar a transição de governo será liderada por Antônio Palocci, que coordenou a campanha eleitoral do PT. Lula deve apresentar os demais nomes da transição em dois dias.

Otimismo
Para os parlamentares, Fraga demonstrou otimismo com o governo Lula. “A partir das posições já claramente expostas pelo novo presidente eleito, nós temos condições, com perseverança, paciência e determinação, de superar esse quadro”, disse Fraga.

O presidente do BC afirmou que, ao longo dos últimos anos, o atual governo promoveu ajustes importantes, como o controle da inflação e as mudanças no sistema bancário -fiscal e cambial-, e que esta última dá claros sinais hoje “de uma fantástica reação do balanço de pagamentos”.

Ele disse aos parlamentares acreditar que o déficit em transações correntes feche 2002 em US$ 11 bilhões. Fraga disse ainda que o país tem condições de superar a atual crise no próximo governo.