Forças israelenses assassinam líder palestino

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de agosto de 2001 as 18:01, por: cdb

As Forças de Defesa de Israel lançaram nesta segunda-feira pelo menos dois foguetes contra o escritório do dirigente de uma facção palestina em Ramallah, na Cisjordânia, matando o militante, identificado por fontes da segurança palestina como Abu Ali Mustafá.

Mustafá era o chefe da Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP) e seu escritório ficava a poucos quilômetros de distância do gabinete em Ramallah do presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat.

O incidente seguiu-se à morte de 10 israelenses e palestinos, em choques ocorridos na Cisjordânia e em Gaza, no fim da semana passada.

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, e Arafat trocaram acusações pela responsabilidade sobre as mortes, com a continuação da violência ameaçando os esforços para a promoção de um encontro entre o líder palestino e o ministro do Exterior de Israel, Shimon Peres.

A mediação para a realização do encontro estava sendo feita pelo ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Joschka Fischer.