Forças Armadas dos EUA pensaram em criar “bomba gay”

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 15 de janeiro de 2005 as 10:28, por: cdb

As Forças Armadas dos Estados Unidos pensaram em criar, em 1994, uma “bomba gay”, capaz de levar soldados inimigos a exercerem apelo sexual uns aos outros.

Segundo a BBC, a criação da bomba inédita estaria relatada em documentos do governo americano, que revelavam também projetos de desenvolver uma substância com poder de identificar a presença de soldados adversários a partir do mau hálito ou de flatulências.

Outra invenção seria a criação de uma arma química que atrairia ratos e vespas para os inimigos.

Os projetos do laboratório Wright, da Força Aérea, tinham um custo estimado de US$ 7,5 milhões.