Força Nacional reclama que polícias não colaboram

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de janeiro de 2007 as 10:11, por: cdb

Começam a surgir reclamações entre os integrantes da Força Nacional de Segurança (FNS) que patrulham as divisas do Estado do Rio de Janeiro. Eles se queixam da falta de informações que as polícias Federal, Civil e Militar restringem sobre a circulação de suspeitos nas estradas e da chegada de carregamentos de entorpecentes para efetuar prisões e apreensões. 

Segundo eles, esse método acarreta em abordagens aleatórias e sem critérios. Cerca de 200 militares da FNS estão nas divisas do Rio, mas nenhum atua no Estado ou conhece pontos críticos. A suposta ausência de dados reflete diretamente nos resultados. Apenas duas quantias de maconha foram apreendidas em cinco dias de operação.

As queixas da tropa contrariam o planejamento da Secretaria de Segurança Pública. Foi a pasta que definiu os pontos a serem ocupados. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, disse que a polícia está passando todas as informações de que dispõe para a FNS.