FMI garante apoio ao Brasil ‘e ao presidente Lula’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 9 de março de 2003 as 18:20, por: cdb

O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Horst Kohler, garantiu este domingo que o FMI fará todo esforço possível para apoiar o Brasil e seu presidente Luiz Inacio Lula.

“O FMI e o Banco Mundial farão todo esforço possível para apoiar o Brasil e seu presidente”, afirmou Kohler durante um discurso feito na Quarta Conferência Anual da Rede Parlamentar do Banco Mundial (PNoWB), realizada no balneário de Vouliagmeni, perto de Atenas.

Kohler, elogiou Lula por sua “verdadeira honestidade”, declarou que o Brasil realizou “grandes progressos” e que “pode sair da crise”. “Não é um acidente da história o fato de que Lula foi eleito presidente prometendo se ocupar da igualdade social (…) Lula está convencido de que a corrupção de seu país é como um câncer, como já me disse, e que é indispensável o funcionamento de instituições sólidas”, destacou Kohler.

O presidente do FMI se defendeu das críticas de alguns participantes na Conferência e afirmou que este órgão internacional conseguiu “êxitos, principalmente em países como a Coréia do Sul, México e Brasil, onde existe vontade política e social de alcançar a estabilidade econômica”.

Mais de cem parlamentares de várias nações do mundo participam da conferência, cujo objetivo é reforçar o diálogo sobre o desenvolvimento internacional e promover a contribuição dos parlamentares na luta contra a pobreza.