FMI adverte sobre déficit na zona do Euro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de abril de 2004 as 09:17, por: cdb

A Comissão Européia emitiu, nessa quarta-feira, uma série de alertas sobre os orçamentos dos países-membros. Itália, Grécia, Holanda e Portugal devem registrar em 2004 déficits orçamentários acima do limite de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) imposto pelo Pacto de Crescimento e Estabilidade.

Alemanha e França devem descumprir o limite pelo terceiro ano consecutivo. Apesar da expectativa de recuperação econômica, França, Holanda, Itália e Portugal devem exceder o limite também em 2005 se não adotarem mais medidas para reduzir seus déficits.

Fora da zona do euro, a Grã-Bretanha, que ultrapassou o limite em 2003, deve reduzir seu déficit abaixo de 3%.

A Comissão disse que a Itália receberá um alerta de que precisa tomar medidas imediatas para reduzir seu déficit, previsto em 3,2% do PIB em 2004 e em 4% em 2005 sob as atuais políticas do país.

A redução da dívida italiana – a maior da zona do euro – também deve ser feita. A Comissão prevê que a Alemanha terá um déficit de 3,6% em 2004 e de 2,8% em 2005.

Já a França deve estourar o limite em 2004 e 2005. Para este ano, o prognóstico é de déficit de 3,7% e para o próximo, de 3,6%.