Flu desbanca o ex-líder Bangu

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de janeiro de 2003 as 23:02, por: cdb

No dia do aniversário de Romário, quem ganhou presente foi a torcida do Fluminense. O Tricolor conquistou a sua primeira vitória neste Campeonato Carioca ao desbancar o ex-líder Bangu por 2 x 0, na noite desta quarta-feira, em Moça Bonita. Ainda sem contar com o Baixinho, os tricolores puderam aplaudir o atacante Fábio Bala, que foi decisivo nos dos dois gols.

A partida começou morna, chamando atenção pelo excesso de passes errados do Fluminense. Sem barrar a forte marcação do Bangu, que estava mais entrosado, o time tricolor apostava nos lançamentos da intermediária, mas a jogada não estava dando certo.

Foi num lance individual de Fábio Bala, aos 15min, que o Fluminense marcou seu primeiro gol na partida. O atacante arrancou pela esquerda e tocou no meio para o estreante Ademílson, com tranqüilidade, fazer 1 x 0.

Em desvantagem, o time da casa começou a pressionar o adversário. Mas o Tricolor não perdeu a tranqüilidade e continuou atacando, principalmente nas jogadas de velocidade de Fábio Bala.

O Bangu voltou para o segundo tempo numa correria só, dando trabalho para a defesa do Fluminense. Aos 7min, João Rodrigo entrou na pequena área driblando pela direita, mas acabou chutando por cima do gol de Kléber.

Descontente com o desempenho do Tricolor, o técnico Renato Gaúcho fez duas alterações no meio-campo de uma vez só: saíram Zada e Léo Inácio para as entradas de Carlos Alberto e Alex Oliveira.

Porém, mais uma vez, Fábio Bala foi decisivo para o Fluminense. Aos 29min, o atacante invadiu a área pela direita e foi derrubado. O juiz marcou pênalti, que Carlos Alberto cobrou com categoria, fazendo 2 x 0 para o time das Laranjeiras.

Aos 47mim, Leozinho ainda descontou para o time da casa, de pênalti.

BANGU 1 x 2 FLUMINENSE

Bangu
Brás; Marquinhos, Cléberson, Naílton e China; Willian, Hélder (Jéferson), Luís Renato (Alexandre) e Leozinho; Fabiano Silva (Júlio César) e João Rodrigo
Técnico: Tita

Fluminense
Kléber; Jancarlos, César, Zé Carlos e Jadílson; Augusto, Marcão, Zada (Carlos Alberto) e Léo Inácio (Alex Oliveira); Ademílson (Eduardo) e Fábio Bala
Técnico: Renato Gaúcho

Data: 29/1/2003 (quarta-feira)
Local: Moça Bonita
Juiz: Edílson Soares da Silva
Cartões amarelos: Marcão, Leozinho, Luís Renato, Augusto, Hélder, China, Alex Oliveira e Jéferson
Gols: Ademílson, aos 15min do primeiro tempo; Carlos Alberto, aos 29min, e Leozinho, aos 47min do segundo tempo