Flamengo é goleado na Vila Belmiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 26 de outubro de 2002 as 19:02, por: cdb

Mesmo sem Diego, que cumpriu suspensão, o Santos goleou o Flamengo por 3 x 0, na tarde deste sábado, na Vila Belmiro, chegando aos 35 pontos em 21 jogos e dando um importante passo rumo à classificação para a segunda fase do Campeonato Brasileiro. Já o Rubro-negro, que teve seus dois zagueiros expulsos, ficou numa situação delicadíssima, na 22ª posição, às portas da zona de rebaixamento.

O jogo começou disputadíssimo, numa velocidade tão grande como o desespero do Flamengo. O Santos, porém, é que chegava com mais perigo. Roberto fez duas cobranças de falta muito perigosas e, aos 21min, Robinho chutou de fora da área, a bola desviou na zaga e, por pouco, não enganou Diego, saindo à esquerda do goleiro rubro-negro.

Um minuto depois, a sorte do Flamengo começou a ser selada. André Dias deu uma entrada violenta por trás de Robinho e foi expulso. Sem zagueiros no banco – os dois últimos do elenco estavam em campo -, Evaristo nem mexeu no time. Aos 25min, Robinho entrou pela esquerda e cruzou para onde deveria estar André Dias. William dominou e chutou à esquerda de Diego, abrindo o placar.

A expulsão e o gol desestabilizaram o Flamengo. O Santos passou a dominar amplamente e as chances de gol foram aparecendo. Aos 32min, na terceira cobrança de falta, Robert bateu, a bola desviou na barreira e encobriu Diego.

Aos 39min, numa triangulação pelo lado direito da defesa rubro-negra, o ataque santista chegou com facilidade e Léo cruzou para Robinho completar para o gol vazio.

Para o segundo tempo, o técnico rubro-negro Evaristo de Macedo, temendo uma goleada, sacou Iranildo do time e pôs o volante Anderson Gills. Mas não deu muito certo.

Aos 11min, o time perdeu o outro zagueiro. Valney cortou uma cabeçada de William com o peito, mas Wilson de Souza Mendonça deu pênalti. Descontrolado, Valney partiu para cima do árbitro, disse coisas impublicáves e acabou expulso gratuitamente, já que Elano mandou o pênalti no travessão.

Com dois a menos, o Flamengo recuou todo e o jogo passou a ser uma seqüência de ataques do Peixe. O placar só não se ampliou porque os jogadores santistas, nitidamente, passaram a se poupar.

SANTOS 3 x 0 FLAMENGO

Santos
Júlio Sérgio, Maurinho, Preto (Bernardi), André Luís e Léo; Paulo Almeida, Renato, Elano (Wellington) e Robert; Robinho e Willian (Bruno)
Técnico: Emerson Leão

Flamengo
Diego, Alessandro, André Dias, Valney e Athirson; André Gomes, Evandro, Iranildo (Anderson Gills) e Felipe Mello; Zé Carlos e Liédson (Anderson)
Técnico: Evaristo de Macedo

Data: 26/10/2002 (sábado)
Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos
Juiz: Wilson de Souza Mendonça (PE)
Cartões amarelos: Preto, Elano, Léo, Robinho (Santos), Athirson, Anderson, Felipe Mello (Flamengo).

Confira a classificação do Brasileiro
Cartões vermelhos: André Dias e Valney (Flamengo).
Gols: William, aos 25min; Robert, aos 32min; Robinho, aos 39min.