Filme inspirado no mito de Hercules estréia no circuito carioca

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de março de 2007 as 16:09, por: cdb

Premiado nos festivais de San Sebastian, na Espanha, de Havana e no Festival de Cinema do Rio, o longa “Os 12 Trabalhos” do cineasta Ricardo Elias, conta a história de um jovem negro que vive na periferia de São Paulo e busca por um emprego. A união entre os motoboys da cidade é outra questão que lhe é apresentada. A pré-estréia do filme acontece nesta quinta-feira, no cinema Odeon, no Rio de Janeiro.

O diretor Ricardo Elias se inspirou livremente no mito de Hercules para dar vida a Heracles (Sidney Santiago). No filme, que conta com as participações dos atores como Lucinha Lins, Vera Mancini, Vanessa Giácomo, Francisca Queiroz, Cynthia Falabella, Cacá Amaral, Heracles tem uma a chance de trabalhar como motoboy. E, em seu período de experiência, é designado a realizar 12 tarefas, ou melhor, fazer 12 entregas pela cidade de São Paulo, em um único dia.

O filme mostra a vida do jovem Heracles que conheceu o pai, a mãe é faxineira e já esteve internado na Febem por dois anos. O personagem de Sidney Santiago consegue o novo emprego através de seu primo Jonas (Flavio Bauraqui), com quem tem uma forte ligação de amizade.

Nessa jornada, o jovem se depara com a burocracia, o preconceito, a grosseria e a desconfiança. Ao mesmo tempo, em meio à dureza da cidade, Heracles encontra docilidade, como de uma garotinha que o ajuda a desarmar uma pequena confusão.

Grande parte do longa foi filmada externamente e as Avenidas Paulista, Dr. Arnaldo, 23 de Maio, Juscelino Kubitschek, Praça do Patriarca servem de cenários que mostram o dia a dia dos motoboys da cidade paulistana.

A trilha sonora é assinada por André Abujamra. Há imagens feitas com câmera na mão. Um ritmo mais nervoso é dado ao longa em determinada etapa da narrativa. Há sobreposições de linguagens documental e ficcional.