Filha de Silvio Santos perdoa seqüestradores e culpa a corrupção no Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de agosto de 2001 as 16:18, por: cdb

A filha do apresentador e proprietário do canal SBT de televisão, Patrícia Abravanel, em entrevista na tarde desta terça-feira, em sua casa no Morumbi, bairro elegante de São Paulo, disse que perdoa os seqüestradores que a mantiveram em cativeiro durante sete dias. Mas culpou o “sistema de corrupção desse país” por tanta violência. Evangélica, Patrícia falou que Deus a manteve confiante no desfecho positivo do seqüestro e descreveu os criminosos como “muito jovens”.

– Foi a primeira vez que eles fizeram isso e eu não os culpo. Eles passam fome e quem tem fome acaba fazendo alguma coisa desesperada – diz ela.

Patrícia Abravanel chegou em casa por volta das três horas desta madrugada, dirigindo seu próprio carro, um Passat preto muito batido dos lados. Ela foi libertada na Marginal Pinheiros, após o pagamento do resgate exigido pelos seqüestradores, segundo informações secretário de Segurança Pública de São Paulo, Marco Vinício Petrelluzzi.

Nesta segunda-feira, horas antes do fim do seqüestro, Silvio Santos recebeu uma carta escrita pela própria filha, uma prova de vida enviada pelos bandidos. Logo após a chegada de Patrícia, parentes e amigos foram à casa da família. Patrícia foi seqüestrada por volta das 8h da manhã de terça-feira da semana passada, quando saía para ir à universidade.

Dois homens vestidos como carteiros renderam um segurança da casa de Silvio Santos, permitindo que outros quatro bandidos (que estavam em um Corsa roubado) entrassem. Na garagem, eles pegaram Patrícia.

O bando fugiu no Passat da estudante e em uma Cherokee. Eles deixaram na garagem o Corsa e um celular pré-pago, através do qual fizeram contato com a família e exigiram um resgate.

A Cherokee foi encontrada no dia seguinte, na Rodovia Castelo Branco. Policiais acreditam que por trás do seqüestro estão ladrões de banco e traficantes.

Logo depois do seqüestro, a família pediu que a polícia e a imprensa se afastassem do caso.

A polícia já tem o retrato falado de um dos seqüestradores de Patrícia feito por um dos seguranças de Silvio.

Silvio Santos volta a trabalhar amanhã. No domingo, o dono do SBT mandou suspender todos os seus programas. Ao final da entrevista coletiva, o apresentador resolveu falar e acabou fazendo uma brincadeira com Patrícia, dizendo que ela lhe dava “muito trabalho” e que os seqüestradores bem que podiam “ter ficado com ela por mais algum tempo”.