FIAT FAZ LANÇAMENTO MUNDIAL DO GRAND SIENA EM VINÍCULA CHILENA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de março de 2012 as 12:03, por: cdb

(Por Oliviero Pluviano)
   
VALPARAISO (CHILE), 23 MAR (ANSA) – A Fiat/Chrysler latino-americana lançou hoje mundialmente o modelo Grand Siena entre os vinhedos de uma produtora de vinho chilena, no Vale de Casablanca, próximo a Valparaíso.
   
Não se trata da renovação de um sedan que já teve muito sucesso na América do Sul, que, de 1997 até 2011, vendeu 813 mil unidades, mas de um carro completamente novo com dimensões maiores e desenhada pelo Centro Estilo de Turim em colaboração com a fábrica brasileira de Betim e com o designer Peter Fassbender.
   
“O Grand Siena é um cenário de pura beleza e de inspiração”, disse Cledorvino Belini, presidente da Fiat/Chrysler latino-americana.
   
“As duas empresas juntas foram agora um grande produtor mundial que pode chegar neste ano a 4,2 milhões de veículos. A nossa meta é de 6 milhões em 2014. Juntos somos mais fortes e é visível o avanço da economia e dos mercados latino-americanos, que vemos com muito otimismo”, disse ele.
   
O novo Grand Siena é 134 milímetros mais longo, 61 milímetros mais largo e 53 milímetros mais alto que o modelo anterior, tem três tipos de motor, um com o exclusivo “tetrafuel”, que gerencia quatro tipos de combustível (gasolina, álcool e GNV), e será comercializado com um preço inicial de R$ 38.710 (cerca de 16.500 euros).
   
A novo modelo traz mais espaço no bagageiro, que cresceu de 500 para 520 litros.
   
“É no design do Grand Siena, na qualidade, na tecnologia, na segurança e nas suas imagens que a nossa empresa revela ao mundo o propósito de seus passos, da Itália até este lado do Pacífico. Apesar das incertezas econômicas que persistem especialmente na Europa, na América Latina a Fiat/ Chrysler vendeu quase um milhão de unidades no ano passado, a região representa 23% das vendas mundiais do grupo. Acreditamos em um crescimento de mercado latino-americano por volta de 4% ao ano”, informou Belini.
   
A Fiat começou em 2011 o maior ciclo de investimentos da história do grupo no Brasil, com R$ 10 bilhões, e continua em primeiro lugar no mercado brasileiro após dez anos na liderança. O Grand Siena inaugura em 2012 uma série de 20 lançamentos de novos modelos da Fiat/ Chrysler na América Latina.(ANSA)